Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2017

Projeto: Um esmalte por semana

Percebi que tenho muitos esmaltes e preciso usar, mas como se eu sempre uso os mesmos? Assim criei o projeto de usar um esmalte por semana. Peguei os 15 e fiz os cálculos: vou terminar de usar cada um por semana só daqui a muito tempo, e já se passaram duas semanas, então essas foram as cores que usei:

Semana 1: Obsessão, Risqué.

Passei três camadas do esmalte, e a durabilidade dele foi inacreditável. Sério, quando deu uma semana eu tirei ele com muita pena, porque estava inteiro quase por completo, se não fosse pela linha de crescimento da própria unha. Faço a piadinha de que fiquei obcecada pela cor (afinal, por que é obsessão e obcecada?!)

Semana 2: Shar Pei, Risqué.

Não sei de onde tiram inspiração para esses nomes, mas essa cor me lembrou muito a Gabriela, também da Risqué, com a diferença de que essa não muda o tom quando fica no sol. Essas são algumas das minhas aquisições (hahaha) mais recentes, que estavam de promoção (R$ 1,99)!

A próxima vez que eu postar, vai ser com o fim d…

Comprei um eBook pela primeira vez

A vida acadêmica é assim: um professor passa um livro a ser lido, mas não disponibiliza a xerox e o livro nem sequer tem na biblioteca da universidade. Aí você, bobinho e esperançoso, procura até na deep web por este bendito livro numa versão PDF, mas ele não existe, a não ser para ser comprado... E eis que cheguei a decisão: vou comprar o eBook.



Com a minha conta no Kindle, comprei o livro por menos de dez reais. Li em algumas horas (era somente um continho) no celular mesmo. Fiz anotações, marquei umas partes, alterei o tamanho da fonte, vi o significado de algumas palavras direto pelo aplicativo... Foram coisas que me fizeram muito feliz e satisfeita com a leitura no aplicativo do Kindle. "Poxa, que legal não precisar sair do app para ver o significado dessas palavras, nem corta o raciocínio da leitura". Foi um momento de êxtase para mim. "Nossa, ler no Kindle é legal!", reconheci, após me declarar amante de livros de papel, e principalmente de capa dura após a…

Dicas para a casa

Eu moro numa casinha pequena, uma kitnet, então a gente tem que se virar pra encontrar espaço quando moram duas pessoas. Um dos problemas que encontrei foi quando precisava lavar muita roupa e o espaço na lavanderia era pouco demais pra tanta roupa. Durante muito tempo eu coloquei roupa por cima de roupa, até que um dia limpando o guarda roupa, encontrei muitas, mas muitas cruzetas, e tive a brilhante ideia de usar aquele excesso pra estender as roupas no varal!

A grande vantagem é que as roupas não amassam nem com aquela marca no meio que fica por ter sido dobrada no final, e nem com os pregadores. Aliás, nem precisa mais de pregador! Você pode comprar umas cruzetas bem baratinhas que servem. E aí, aprovada a gambiarra?

A câmera do Moto G4 Plus

Na postagem trago para vocês uma sessão de fotos que tirei com o meu celular, afinal um dos principais motivos que eu tive pra querer comprar o Moto G4 Plus foi a câmera de 16mp.







Selfie e amor próprio

Vivemos tempos confusos. As pessoas parecem ter amor próprio demais, pois postam diversas fotos suas em todas as redes sociais... Ou isso seria um indício de baixa auto estima?


Eu estava assistindo ao programa da Fátima Bernardes e um dos temas foi esse. Temos nossas auto estima fragilizada, qualquer palavra pode nos destruir. Nós enchemos nossos perfis de fotos não porque nos amamos, mas porque queremos ser amados pelos outros ao invés de simplesmente ter confiança em nós mesmos...

Algumas pessoas deram belos relatos de que não deixam mais se levar por opiniões alheias em coisas que condizem somente a seu respeito e que a opinião de mais ninguém importa. É preciso que você se sinta bem consigo, ao invés de ficar pedindo aprovação das pessoas. Ame-a si mesmo! Você é a única pessoa que ficará ao seu lado com certeza.

Pessoais reais não estão na TV

Pense um pouco nas pessoas que moram no seu bairro (se for pobre), nas pessoas no ônibus, nos seus familiares. Pense, especificamente, na aparência delas, no tipo físico...


Agora pense nas propagandas da TV, nas pessoas nos outdoors, nos rostos dos comerciais, nos modelos das revistas e das lojas...

São dois tipos de pessoas completamente diferentes, não há como negar. As pessoas do povo, as pessoas comuns não são nem um pouco parecidas com aquelas escolhidas para ser o rosto de uma marca - exceto o cara do posto Ipiranga, mas convenhamos, é pra ser cômico.

Acredito ser muito cansativo e até mesmo prejudicial ter de ver diariamente representações na mídia de pessoas belas, que só reforçam um mal estar com a nossa própria aparência - mulheres, especialmente, adolescentes.

Pessoas das propagandas jamais serão pessoas comuns?

Como passar a internet Wi-Fi do celular para o notebook via USB

Ainda não conheci ninguém que soubesse como passar a internet Wi-Fi do celular para o notebook pelo cabo USB, por isso decidi fazer esse texto como um mini tutorial para quando, em alguma situação crítica, você precise passar a internet Wifi a qual o seu celular está conectado para o computador que, por qualquer motivo, não consegue se conectar a rede wifi que o seu celular está - talvez porque você não saiba a senha, seja o que for...!



1. Com o celular conectado à uma rede WiFi, coloque o cabo USB no celular e no PC.

2. Acesse as configurações do celular, especificamente na configuração de redes. Nela, selecione a parte que mostra mais opções.



3. Escolha a opção roteador wifi. Parece que vai rotear a internet móvel do seu celular, mas não vai!

4. Agora é muito simples: no meu celular já está conectado. Escolha a opção de vínculo por USB:

Pronto! Só espere o seu computador reconhecer a conexão e selecione uma das opções que ele vai mostrar (se é rede doméstica, pública, etc). A vanta…

Mais um pesadelo macabro

Não sei o que acontece com meu cérebro, mas ele tira umas ideias terríveis pra eu sonhar que eu nunca vi hein?


Dessa vez o sonho foi uma sequência de acontecimentos horríveis. Eu estava num avião (nunca estive) e de repente aparecem uns caras armados, matando todo mundo (já tive esse sonho antes, mas foi em uma escola) e eu fiz o que sempre disse que faria em caso de um ataque desses: me joguei logo no chão e fingi de morta.

Não lembro se de fato cheguei onde queria, mas só sei que estava em algum lugar com minhas malas. Percebi uma movimentação perto de um rio dentro de árvores, e me aproximei para ver porque havia tanta gente ali. Tinha umas pessoas investigando, tipo policiais, e eles falaram "É um veneno que sai de algum lugar aqui perto do rio e expande o corpo dos animais até eles morrerem". E no rio boiavam diversos corpos cobertos com um plástico preto. "Já estão em putrefação". Saí de lá na mesma hora, olhando umas pessoas aglomeradas ao redor de um caval…

Sobre a era tecnológica

Faço parte de um grupo de pesquisa que debate principalmente sobre a tecnologia na sociedade. A professora coordenadora do grupo já fez reflexões do tipo: seríamos um espécie de ciborgue? A ideia do ciborgue é de um ligação direta entre humano e máquina, tipo o Robocop, sabe? Um humano robotizado, algo assim. A essência é que haja um dependência direta do humano em relação a parte tecnológica. como uma extensão do seu corpo sem a qual ele não pode viver, e adivinha só qual o elemento da nossa era sem o qual não podemos viver e que nos faz parecer ciborgues? Isso mesmo, nosso querido celular.


E não é um simples celular, ele precisa ter acesso às redes sociais, porque sem Whatsapp você é um ser isolado do mundo; sem pelo menos uma conta em alguma rede social você se torna um ser incomunicável! Diz se não dá raiva tentar falar com alguém que não tem whats?
Sempre discutimos e pensamos o quanto a tecnologia, que invadiu nossas vidas, pode ser boa? Outro dia paguei todas as minhas contas …

Todo homem é um estuprador em potencial? Sim!

Todo homem é um estuprador em potencial sim, aceite. Isso não significa dizer que todo homem é um estuprador, será que você não leu a parte que diz "em potencial"?


Fui na padaria agora de noite, e infelizmente teu trechos escuros e bem desertos nas ruas, e em um desses surge um momento indo na minha frente. Quando ele me olha vindo atrás dele, diminui o passo e olha a toda hora pra trás.
Eu ando mais devagar então, pra não deixar ele se aproximar. Fico pensando mil coisas horríveis, que ele vai parar e me forçar a algo, afinal não tem mais ninguém na rua.
Vamos andando e finalmente chego numa quadra, onde tem várias pessoas. Ele para lá e me ver passar.
Compro pão e fico morrendo de medo de voltar e ele vir atrás de mim, porque quando passo por ele, o desgraçado fica me olhando e eu morro de medo.
Vou andando depressa, olhando pra trás, e aparecem outras pessoas na rua, mas SÓ MACHO.
Até eu chegar em casa só tinham homem na rua. A pé, de moto, de bicicleta, de carro, tudo, …

Fluxo de consciência

Me deparei com esse estilo de escrita recentemente, chamado Fluxo de Consciência, numa disciplina que fiz semestre passado... ou ano passado? Nem lembro, é a mesma professora da reunião de hoje pra qual eu ainda não li o texto o que estou fazendo? Amanheceu frio e me deixou com preguiça pra qualquer coisa faltei a aula que disse que não faltaria mas a preguiça minha cama e o fato de ainda ter algumas faltas pra usar me fizeram pensar que dava pra faltar hoje ainda cansada de ontem a noite que é o dia que eu chego em casa bem tarde da noite e por vezes não janto como quero engordar? ou simplesmente não adoecer de fraqueza barra falta de saúde felizmente o café da manhã foi melhor e agora vou descobrir o que almoçar depois de escrever alguns textos vou pesquisar sobre o que ainda.


Que loucura você acabou de ler? Nada melhor do que falar sobre um assunto dando logo um exemplo dele. O parágrafo acima foi minha tentativa simples de fazer quem ainda não conhecia o Fluxo de Consciência ter …

Quando a tristeza bate forte

Ah, segunda feira! Símbolo mundial de desânimo. O domingo é chato, muitas vezes, especialmente por preceder a segunda.

O que fazer num dia que você tá triste sem exatamente ter um motivo e ao mesmo tempo triste com tudo e por causa de tudo? Aqui estão as coisas que eu fiz:
Puxar conversa com alguém que eu gosto mas que não falava há bastante tempo Não pra falar da minha tristeza, mas simplesmente pra saber sobre a pessoa, como ela está, o que anda fazendo, quais suas expectativas para a semana. Quem sabe você pode acabar marcando de sair com a pessoa (se ela morar na mesma cidade que você) e prometerem sair e nunca sair haha.
Ouvir uma playlist triste Sim, isso mesmo. Às vezes a gente quer combater a tristeza com uma animação forçada, mas se tem uma coisa que eu aprendi com Divertida Mente é que a tristeza é necessária sim, e nos momentos difíceis a gente precisa colocar tudo pra fora. Se tá triste, desce até o fundo do poço mesmo, meu amigo. Precisar desabar para se reconstruir novame…

Orgulho LGBT

Hoje foi o dia da Parada Gay em São Paulo (gay não, porque é muito mais que isso), e eu sinto que deveria fazer um texto sobre, mesmo algumas pessoas não gostando.

Pra muita gente é difícil entender o porquê do orgulho LGBT. "Ah, então eu também me orgulho de ser hétero!" Parabéns, eu sei que é muito difícil ser hétero, não é mesmo? Todo o sofrimento de ser espancado nas ruas, expulso de casa, morto... Ah, que triste a vida de um hétero!
 O orgulho de ser algo está totalmente ligado ao quanto você pode sofrer por simplesmente ser quem é. Para os cristãos, por favor entendam que a sociedade como um todo não é cristã. A sociedade é formada de pessoas, de indivíduos, e cada um tem liberdade de fazer suas próprias escolhas. A tua fé é tua e não do outro! Você não pode aplicar a sua crença a quem não acredita nela. Dentro da sociedade, você tem que pensar como um cidadão, um ser político, e saber que os direitos civis tem de ser para todos, e isto está acima das religiões que os…

Sobre Mulher Maravilha (sem spoilers)

Enfim assisti Mulher Maravilha, e ao contrário do que se pode esperar, não vou tecer uma série de elogios ao filme.

Foi bom? Lógico que foi, lindo - maravilhoso. Mas lembrei de uma crítica que li do filme dizendo que ele era engraçado do começo ao fim, digno de competir com as piadas dos filmes da Marvel, e disso eu discordo completamente! O filme tem algumas piadas aqui e ali, mas nada que te faça gargalhar como Os Vingadores faz. Mesmo em clima de Segunda Guerra Mundial, Capitão América foi bem mais engraçado.
Outra coisa talvez necessária e completamente certa e compreensível mas que me incomodou foi a ingenuidade da Diana. Eu sei, eu sei, ela estava conhecendo o mundo ainda. Mas foi uma coisa angustiante pra mim a princípio.
Felizmente a ação do filme é boa, mas nem tanto. Não espere muito, só teve uma cena realmente incrível. 
O mais legal do filme é a perspectiva feminista, é ver aquela mulher sendo mais forte que todos os homens, tão capaz de lutar numa guerra quanto eles e qu…

Desafio pra vocês!

Não sei exatamente de onde tirei essa ideia mas pensei em fazer tipo um desafio bem, mas bem simples, só pra provocar um pouquinho.



Alguns dias atrás o Youtuber Cellbit (leia-se o melhor youtuber) colocou um enigma em um vídeo dele só pra aguçar um pouco seus inscritos e de quebra ganhar mais, pois ficou nos trends do Twitter. Eu nem tentei desvendar o enigma, porque já sabia que não ia conseguir.
Hoje deixo uma imagem que desenhei faz semanas, mas que só hoje decidi postar como uma espécie de desafio. Você consegue ver o que é?

Desafios são bons para instigar nosso raciocínio. Vou deixar a resposta no próprio texto, aliás, escondida. Boa sorte! São as cores do arco íris (apenas 6, no caso). A caixinha da primeira imagem é vermelha, na segunda imagem laranja, na terceira o post it amarelo, o marcador de texto verde, os óculos azuis, e o desodorante roxo.

Kit da TAG de Junho 2017

Olá! Enfim chegou o Kit da TAG - Experiências Literárias de Junho de 2017! E vou mostrar pra vocês aqui, em primeira mão.

A campainha toca forte e eu fico morta de raiva por despertar assim tão bruscamente. Mas para minha felicidade era o meu lindo kit de junho chegando. O livro não é uma ficção, conta a trajetória de uma pessoa real. Vamos às fotos?
Esse é o kit completo.
Esse foi o mimo do mês.
A revista informativa que contextualiza completamente o livro é maravilhosa também!

Ah, a box é linda! Socorro!
E enfim chegamos ao livro: Limonov, de Emmanuel Carrère.
Lindo, não é mesmo? A TAG sempre se supera!

Ego e âncora

Ele esticava os braços, pois realmente acreditava que conseguia tocar os céus. Tinha feito coisas que iam além da capacidade humana, o que lhe dava esperança de fazer tudo o que queria. Repetia vezes e vezes uma frase comum, “nada é impossível àquele que crê”, uma voz rouca sussurrava dentro de seus ouvidos. O eco enchia-lhe o ego, orgulho lhe dava forças fracas. Seus braços tremiam diante de todos, os quatros cantos da terra assistiriam o seu fracasso. Sua dourada confiança em si mesmo lhe tentava negar a verdade.

Uma pessoa se aproximou, carregava um colar de cruz, e disse-lhe a frase que ele já sabia melhor que ninguém. Nada é impossível àquele que crê. Repetiu quatro vezes, na última sorriu amargamente e saiu, arrastando os pés com ódio e amor, equilibrando o peso dos céus e a gravidade da terra. A imagem das suas costas sumindo enquanto se distanciava era vermelha de sangue, deixando um caminho de morte, uma trilha para quem quisesse segui-lo. O jovem continuava a tentar tocar …

O blog ficou fora do ar!

Recentemente o blog estava fora do ar. Sim, eu abri uma postagem e o corpo do texto simplesmente não existia. As páginas de "contato" e "sobre" estavam completamente bugadas e eu me desesperei! O que aconteceu eu realmente não sei, mas eu tive que refazer todo o tema o blog e acabei perdendo algumas coisas... De qualquer modo isso me fez refletir!


Acho que as máquinas, as tecnologias, tudo em quanto que usamos nessa hora digital uma hora sobrecarrega e você precisa refazer tudo: formata o computador, o celular (e agora o blog). Mas acho que isso também se aplica a nós, claro! Por isso precisamos de férias e folgas. Tudo, tudo mesmo, que você faz continuamente você precisa parar pra respirar.
Você tem de parar quando estiver estudando por horas. Se não você sobrecarrega e não consegue absorver mais nada! Também precisa se alongar depois de horas no computador. Precisa limpar a casa pelo menos uma vez por semana. Tudo precisa parar por um instante, se refazer, e ent…

Dia dos namorados!

Comecei a namorar pela primeira e única vez aos 19 anos. Engraçado que antes disso eu não fazia a mínima ideia de como era ter um namorado. Era pra gente ser amigo também? Ele poderia me ver desarrumada? O que a gente podia fazer junto e o que era só coisa de amigo?

Passei a adolescência vendo amigas e colegas namorando e eu lá... Quando o conheci e começamos a sair, achei que seria mais um como todos os que tinham passado pela minha vida - íamos nos ver algumas vezes, conversar bastante e depois voltaríamos a ser estranhos. Até perguntei: "O que vamos fazer se um gostar do outro?", e ele: "vamos ver".
Mas a vida foi diferente pra mim dessa vez. Fomos crescendo juntos, eu passando pelas inúmeras mudanças de bairro e fazendo cada vez mais esforço para nos ver, até que percebemos que estávamos namorando. Confesso que era muito estranho dizer "meu namorado" porque pra mim aquilo não ia acontecer tão cedo. Dizer te amo? Meu Deus, quanta novidade...!
Mas o en…

Semelhança entre filmes

Já escrevi um texto apontando a semelhança que encontrei nas lutas finais de Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado com as de Doutro Estranho (texto aqui). Essa semana assisti Sete Homens e Um Destino (2016) e adivinha qual filme eu lembrei? Isso mesmo, Vida de Inseto (1998)! Mas como? Um filme super violento com uma animação infantil?!

Na sinopse feita pelo Adoro Cinema o filme de faroeste, temos: "Os habitantes de um pequeno vilarejo sofrem com os constantes ataques de um bando de pistoleiros. Revoltada com os saques, Emma Cullen (Haley Bennett) deseja justiça e pede auxílio ao pistoleiro Sam Chisolm (Denzel Washington), que reúne um grupo especialistas para contra-atacar os bandidos". E pelo mesmo site, a sinopse de Vida de Inseto: "Todo ano, os gananciosos gafanhotos exigem uma parte da colheita das formigas. Mas quando algo dá errado e a colheita destruída, os gafanhotos ameaçam atacar e as formigas são forçadas a pedir ajuda a outros insetos para enfrentá-los …

As pequenas coisas

Sou o tipo de pessoa apaixonada pelos detalhes mais comuns da vida natural. Às vezes devo parecer meio doida por tirar foto de algo que está sempre ali, mas é que felizmente eu consegui me admirar todos os dias com o nascer e deitar do sol, como se fosse a primeira vez que vejo.

Outro dia o céu estava tão azul (depois de dias de chuva a gente se admira) e eu não fiz escolha se não fazer um álbum de fotos (aqui). Daí fiquei refletindo o quanto eu pareço besta em ficar turistando coisas que estão sempre ali. Outras vezes, passando de ônibus (claro né) pela Beira Mar, eu me perco totalmente olhando as cores entre o céu e o mar, tanto no amanhecer quanto no anoitecer.
O final da tarde quando tudo fica num tom amarelado meio que laranja porque o sol já se despede, em também sento na porta e pego um livro pra aproveitar aquela luz divina até que ela se vá completamente.
Numa noite que a energia foi embora e o céu quase se encheu de estrelas, vi um vaga-lume piscando na rua e fiquei feliz, …

Um só amor pra toda vida?

Atenção! Esse texto contém altos spoilers sobre How I Met Your Mother! Se bem que a série já acabou faz um tempinho e até vai sair do catálogo da Netflix já... Mas, vamos ao texto?

Essa é uma daquelas séries que termina e você fica de boca aberta. Ou então morto de raiva. Pra quem nunca assistiu, um resumo: o protagonista da história é Ted que conta aos filhos como conheceu a mãe deles (por isso o nome da série, dã!). Os episódios mostram as inúmeras namoradas que o Ted teve, a começar pela Robin, que ele se apaixonou rapidamente, mas ela não queria o mesmo que ele. Casar? Ter filhos? Não. A Robin queria ser uma jornalista de sucesso, a carreira era o mais importante. 
Então, Ted tem outros namoros, e está sempre com os amigos Barney (o pegador de mulheres), Marshall (amigos desde a faculdade) e Lily (namorada do Marshall há muitos e muitos anos). A Robin entra pro clube de amigos e depois de um tempo namora o Barney. Sim! E eles casam! A última temporada da série é somente o casamen…

Quem entra na federal vira de esquerda?

Duas coisas que já li/ouvi demais: "ah, quem entra em cursos de humanas na Federal vira de esquerda, comunista, petista, marxista, feminista, taxista, diarista, etc etc". E a outra que me causa surpresa ainda é "odeio a palavra empoderamento". Vamos lá deixar de ser idiotas parte 2?


Eu estava lendo um texto de Psicologia Organizacional de um amigo que faz Contabilidade (olha só, não é Ciências Humanas!) e o texto era sobre a organização de empresas, o que faz um bom líder, e outras coisas para trabalhar com a equipe, pra melhorar a convivência. E uma delas (texto teórico, ok?) era a estratégia de empowerment. O líder deve dar poder aos seguidores para que alcancem o seu máximo desempenho. "Carlos e Randolph (2001) acreditam que o empowerment é crucial para as empresas se tornarem competitivas no mundo dos negócios", dizia o texto. "A verdadeira essência do empowerment é liberar os conhecimentos, a experiência e a capacidade motivadora que já existem…

Estudar, trabalhar, se formar, aaah!

Numa aula de didática, falamos sobre como a escola tem tido uma única função que é selecionar os melhores [alunos] para as carreiras universitárias — leia-se de prestígio. O que fugir disso causa sentimentos de fracasso, em especial nos jovens, que são altamente cobrados de todos os lados — já falei isso em outro texto, aliás — aqui.


A professora contou de uma conversa que teve recentemente com uma médica em um avião — também contou que pegou um voo com Bolsonaro, mas isso não vem ao caso — e esta contou quantos adolescentes chegam na emergência por tentativa de suicídio. Um deles tinha apenas 20 anos e tentou suicídio por não ter passado no vestibular.
Vou usar a clássica pergunta: "A que ponto chegamos?" De preferir perder a vida por não cumprir uma "obrigação" social que ninguém precisa, de fato, cumprir! Quem disse que você é obrigado a estar na universidade aos 20? Igualmente há uma pressa em se formar, e você sendo pobre precisa trabalhar também, e você se su…

As injustiças da vida

Se você já estava triste, prepare-se para ficar mais ainda. Eu estava no ônibus olhando as lojas passando, inclusive os lugares cheios de carros novos ou semi novos para vender. "Promoção 18,990". Fiquei pensando na pessoa que pode trocar de carro por um mais novo, melhor. Basta um planejamento e pronto, carro novo. Enquanto eu finalmente terminei de pagar um celular — que fora roubado — e agora posso comprar um sofázinho. Aí, estou planejando pra quando terminar de pagar esse sofá, enfim comprar uma geladeira, e daqui a mais um ano um notebook, e daqui a outros tantos anos...


Refleti na gigantesca diferença em quem pode comprar o que quiser, o que precisar, sem ficar fazendo tanta conta ou cortando gastos, fazendo inúmeros cálculos pra ver se pode pagar. Mas pela outra janela do ônibus eu vi um homem enrolado em trapos, deitado na calçada, enquanto eu vinha de casa. Não vivo maravilhosamente bem como o maldito político que ganha absurdamente mais em um mês do que meus pais…

Uma crítica feminista de "Laura" de Heloísa de Sousa

Um blog escrito por uma universitária não poderia deixar de, vez ou outra, ter algum conteúdo acadêmico, né? Hoje quero falar sobre o livro "Laura" (2014) de Heloísa Helena Santos de Sousa, que li para a disciplina de Estudos Literários Maranhenses, o que significa dizer que a autora do livro é do Maranhão (ba dum tiss).


"Laura" por uma crítica feminista
Ter uma mulher como protagonista da narrativa permite discussões feministas acerca da construção da personagem e da sua relação com os acontecimentos da obra e com as outras personagens. Nesta breve análise, porém, o foco cai sobre o par romântico de Laura que, com atitudes de um machismo e agressividade notáveis, chama a atenção para a naturalização de comportamentos violentos por parte do homem, em defesa de uma boa “história de amor”.
Em um breve resumo do enredo, tem-se a jovem Laura, de vinte e cinco anos, professora de educação física, dona de um corpo e beleza altamente exaltados dentro da obra. Em sua lua d…

8 músicas quase iguais!

Já ouviu uma música nova e teve a sensação de que já tinha ouvido essa música antes? Ou quando a música a tocar você jura que é uma, mas a letra começa e é totalmente diferente do que você achava que era, afinal, não é a mesma música que você pensou? Eu já fiz muitas comparações antes mesmo de conhecer um canal no youtube que fazia a tag das coincidências musicais. Vamos ver as coincidências que descobri?


Outro dia, ouvindo uma playlist aleatória escolhida por um aplicativo, de repente uma música aparentemente conhecida começa a tocar e eu me preparo pra cantar: "I used to bite my tongue and hold my breath..." quando na verdade é outra música praticamente IGUAL! Tirem suas próprias conclusões:


E aí, sabe que música eu achei que fosse? Isso mesmo, "Roar" da Katy Perry. E daí vem o questionamento. Qual música é cópia de qual? As duas músicas foram lançadas em 2013! Infelizmente (mas não surpreendentemente) a Katy Perry é que é suspeita nessa história. O clipe de &qu…

Os meus últimos vídeos

Estou tentando, estou tentando! É muito difícil se manter firme em algo que exige muito de você, mas vou tentar. Consegui gravar mais alguns vídeos, e o último eu até publiquei em um texto, falando sobre o formato que eu imaginei para os vídeos, até para ajudar na minha fala e desenvolver melhor os meus pensamentos. Porque em algum seminário ou mesmo pra dar aula, não tem como eu ficar "cortando" quando eu errar alguma palavra ou frase.
Fiz um vídeo pra mostrar o Kit de Maio de 2017 da TAG - Experiências Literárias, mas também já tinha feito um texto sobre ele (aqui) e sobre o kit de março e abril (e também o que achei do livro aqui).

E gravei também contando sobre o dia da ação global que foi simplesmente épico, mas é porque na verdade eu quero achar o menino que fez a pegadinha comigo! Contei esse dia em um texto aqui, mas decidi fazer o vídeo também, com o propósito de achar o canal desse bendito garoto.

Sério, quero muito achar esse canal! Haha.

O quanto meu cabelo cresceu

Deve ter gente já me achando irritante do tanto que falo do meu cabelo, olho no espelho e fico mexendo, mas gente? Deixa eu ser feliz. É a primeira vez que ele fica tão longo! Em 2015 ele até tava comprido, mas ao mesmo tempo estava em um corte V, então ele na verdade tinha uma ponta comprida apenas. Eu tinha feito Selagem em dezembro de 2014, e depois de meses a raiz tava grande já. Olhei bem pra ele, e numa tarde de domingo de abril, eu decidi cortar. 

Durante esse tempo eu também pintei meu cabelo algumas vezes. Depois de cortá-lo curtinho, eu pintei de um tom de vermelho, como ainda você consegue perceber na ali metade do meu cabelo atualmente, desde então só aparo as pontas. Em julho de 2015, fiz selagem mais uma vez, e ele estava assim:

Fui mexer nele novamente um ano depois de cortar, em abril de 2016. Ele tinha crescido pouco, nada demais. Ficou legalzinho até (essa é a única foto que tenho desse período):

Desde então fui só aparando as pontas quando eu sentia que elas estava…