Pular para o conteúdo principal

Palavras que vieram do inglês - Parte 1

Tive que fazer um artigo para a disciplina de Morfossintaxe de Língua Inglesa. Mas como já pode parecer, não foi nenhuma maravilha. Felizmente o artigo que escrevi me fez descobrir muitas coisas, especialmente por causa do tema que escolhi: "Anglicismo: Mudanças Morfológicas e Semânticas". Esse é um daqueles textos de conteúdo acadêmico, pois como eu já disse, uma universitária não pode deixar de fazer textos assim.

Algumas das descobertas que fiz
Eu jamais pensaria que palavras como líder vieram do inglês. Tipo, leader é líder em inglês, é praticamente a mesma pronúncia porque veio exatamente assim, a gente só aportuguesou e a partir disso se originou liderança, liderar... Que louco! O mesmo aconteceu com beef que virou bife. A outra com história engraçada é o que a gente chama de x-burguer, que veio de cheeseburguer mas a gente não conseguiu falar o "cheese" e trocou por 'x' que é bem parecido. 

Alguns dos exemplos do meu artigo
Primeiro, falei das mudanças semânticas. Ou seja, termos ingleses inseridos no português falado que sofreram mudança em seu significado, isto é, palavras que os brasileiros usam com o significado parecido ou totalmente diferente do original, causando certo estranhamento aos nativos ao encontrarem o termo em uso distinto. Garcez e Zilles (2001, p.32) citam um dos exemplos dessa mudança de sentido: “em inglês, painel para publicidade de rua, é billboard e não outdoor”. Brother, que significa “irmão” em inglês, tem sido usado no sentido de “amigo”, expressando companheirismo muito próximo, como uma fraternidade, entre duas pessoas, independente do gênero, mesmo que no inglês brother se refira somente ao masculino. A partir dessa palavra, surgiram derivações aportuguesadas como “brode”, “broderagem”, etc. Tanto que tem aqueles memes "mais que brothers, somos irmãos", ou o contrário.

Night, originariamente “noite”, é usado mais no sentido de “curtir a noite”, “festa”, “balada”. Ir pra night ou cair na night configura uma mudança no significado da palavra, ainda que, assim como o exemplo anterior, faça alguma referência ou tenha ligação com o sentido original, afinal, night no português são exclusivamente os acontecimentos festivos noturnos.

No próximo texto eu continuo, mas falando sobre as mudanças morfológicas, para não ficar muito extenso nem misturado!



Referências utilizadas no artigo, consequentemente no texto:

In: FARACO, Carlos Alberto (Org.). Estrangeirismos: guerras em torno da língua. 3ª ed. São Paulo: Parábola, 2001. p. 15-36.

LACOSTE, Yves (Org.). A Geopolítica do Inglês. São Paulo: Parábola, 2005.

Mais lidos do mês

#66 Derramei esmalte no meu olho

Esse dia inacreditável aconteceu. A postagem anterior me rendeu um episódio memorável que conto com orgulho e embaraço. Felizmente, a reação da nossa geração frente a qualquer acontecimento, seja bom ou ruim, é tirar foto ou fazer vídeo e colocar na internet. E aqui estão as recordações do dia em que eu derramei esmalte no meu olho:
Bem crianças, eu estava pintando minha unha com Maçã do Amor, da Risqué e, enquanto pintava do dedo anelar direito, o pincel, de alguma forma, caiu pra trás da minha mão com a qual o segurava, bateu a ponta na mesa, e espirram gotas das cerdas que vieram diretamente para o meu pescoço e, óbvio, o meu olho. Eu corri desesperadamente em direção à pia da cozinha porque a do banheiro não está prestando, e gritei. Meu irmão dormia profundamente na sala, mas acordou perguntando "o que aconteceu?", eu falei, e ele "ah tá" e voltou a dormir. Que preocupação.
Voltei pro quarto e fui pegar o esmalte, mas o vidro caiu pra dentro da bacia com água…

Um texto sobre maquiagem

Eu estava vendo alguns blogs e canais de meninas e fiquei feliz por ainda cumprir com meu objetivo: não fazer um blog/canal que siga as imposições do gênero feminino: ser vaidosa, e falar de maquiagem e moda. A vez que falei de roupas aqui, foi sobre as roupas que minha mãe fez... E maquiagem? Não, ainda não.

Mas calma, não tô falando que falar dessas coisas seja ruim, claro que não é. Eu gosto de ler e assistir coisas sobre cabelo e maquiagem, gosto das dicas. Só não acho que nasci pra falar disso. Meu gosto pra essas coisas é específico e não "compartilhável". 
Pra provar que não vejo o menor problema com isso, vou falar nesse post sobre as maquiagens que comprei recentemente e as mudanças que fiz no meu jeito de me maquiar desde que passei a acompanhar a Mari Maria.
Sombras e batom da Quem disse, Berenice? foram meus gastos recentes mas com muito  orgulho porque a maquiagem é muito boa. Passei a sombra de manhã e ficou até quando cheguei em casa, quase meia noite, sem re…

(Denúncia) A notícia mais comum de São Luís

Lembro que antes de morar em São Luís, assistia com minha família ao jornal local, e nós ríamos - até hoje - porque sempre as notícias são sobre buraco e lama em São Luís. Tanto que uma vez que meu pai pediu pra ligar a TV no jornal, meu irmão reclamou "ah, eles só falam de buraco e lama", e logo que colocaram no canal, o jornalista falou "muito buraco e lama...", e eles riram demais.

Apesar da piada, é algo triste mas que se tornou tão comum que a gente já aceitou como um fato de São Luís, assim como praticamente já aceitamos pagar altos impostos, os políticos serem corruptos, e por aí vai...

Mas isso nunca deixou de me incomodar, de me deixar na bad mesmo ao pensar nesses problemas sociais. Compartilho hoje com vocês a situação terrível de perto da minha casa:

Ironicamente, o nome dessa coisa horrível é Avenida Paraíso! Todo tempo é assim, cheio de lama, esgoto, lixo, crateras. Ela fica próxima à Estrada da Mata, e acredito que pertença ao Tropical, o que faz aqu…

O dublador de Jack Sparrow mudou

Assisti Piratas do Caribe: A vingança de Salazar e me deparei com uma coisa que acho horrível: a mudança de um dublador. Sim, eu assisti e assisto filmes dublados. Na primeira respiração de Jack Sparrow eu percebi esse fato que parte meu coração (ou seriam os ouvidos?). Pesquisei e achei uma coisa bem triste, mas calma! O dublador não morreu. Marco Antonio Costa, dublador antes oficial de Jack Sparrow, fez a seguinte postagem no facebook. Coloquei o texto por completo aqui, mas vou deixar o link no final:
Meus amigos e fãs de dublagem, eu venho comunicar que, infelizmente, não dublei o próximo filme da franquia "Piratas do Caribe".  O motivo? Simples. Eu explico. A Disney muitas vezes paga de 20 a 30 vezes mais para atores "Globais" ou mais conhecidos como "Star Talents" para alguns personagens em seus filmes. Quando foram dublar "Procurando Dory", chegaram a pagar 40 vezes mais do que um dublador recebe para dois "Youtubers", pois segun…

O que fazer em Cururupu MA

Finalmente, depois de um mês, faço um post com as fotos da viagem a Cururupu, Maranhão, minha cidade natal. Mas isso aqui de fato vai ser mais foto do que texto, então, vamos lá?

Saímos as 14h para um interior chamado Tapera de Baixo, claro passando por outros povoados. Os vídeos que fiz da viagem estão todos nessa playlist no meu canal.
Antes de chegar ao povoado, paramos em um riacho, onde tirei essa foto. Porém, editei e coloquei ela de ponta cabeça:


O lugar é assim no normal haha

 E claro que tive que fazer uma selfie
E tem esse cantinho lindo
Onde eu obviamente tive que tirar uma foto
Coloquei os pés na aguinha gelada
Meu pai atravessou o rio na moto
Meu irmão também
Uma última foto do rio antes de ir embora de lá

Seguindo viagem, fomos na casa de uma mulher que tem essa visão da janela do quarto. Sim, é maré lá embaixo. O sítio fica depois do povoado 

Tirei essa foto porque o céu tava muito azul, cara
Antes de ir, mais uma fotinha minha na paisaje
 Passamos por outro rio, mas t…

Marcadores da Magic Color (resenha)

Como falei no texto dos meus artigos de papelaria, eu comprei um kit de marcadores relativamente caro - uma vez que só vem 12, enquanto os da Faber Castell de 24 cores custa o mesmo preço. Mas aí já temos a diferença. Os marcadores da Magic Color são de álcool, por isso chamados marcadores. Eles são profissionais, e não para crianças, que é o caso da Faber Castell, que são hidrocores ou então canetinhas mesmo, por serem a base de água.
Mas aos interessados em desenho profissional, vamos falar o que eu achei dos marcadores da Magic Color.
Sobre a duração da tinta eu não sei dizer porque uso há pouco tempo. Mas uma ilustradora que sigo disse que eles não duram muito, já fiquei triste :(
Vou usar minha favorite color para fazer o teste.


A outra coisa que notei do pior jeito é que eles borram o lápis. Mas vendo mais vídeos de marcadores, tipo Bic Marking e até mesmo Copic, concluo que a maioria dos marcadores borra o lápis, até mesmo Copic que são os mais caros e melhores do mundo. Fiz o…

#62 Como ser uma pessoa fria

Primeiro é preciso que um dia você tenha sido uma pessoa quente, se é que você me entende. Uma pessoa fofinha, esperançosa, cheia de sentimentos e sonhos, que se apaixona e ama, e se entrega de corpo e alma para uma coisa que ela nem entende direito. Aí você vai se machucar profundamente com as pessoas em quem você confiou totalmente e vai ter seus doces sentimentos completamente destruídos, e vai acordar para a vida real. E aí você vai ser mais frio. Vai descobrir, da pior forma, que a vida não é um filme da Disney, que as pessoas não são tão amigáveis e muitas não estão nem aí para os seus sentimentos.


Não estou falando isso porque passei por isso recentemente, até porque não passei. Mas vi alguém passar. E falando sobre isso com alguém que ainda nem conheço (ele sabe, salve Jhonata o/), fiquei pensando (e ele me sugeriu também que escrevesse um texto sobre isso) sobre como mudamos com as coisas que passamos, o que eu julgo natural acontecer, afinal significa que alguma coisa apren…

#20 As vantagens do Carnaval

Um dos momentos mais esperados do ano finalmente chegou. Eu prefiro a época do final de ano porque sempre tem comida, sabe? Ceia de natal, jantar de ano novo, churrasco/almoço de ano novo... Carnaval não tem comida específica, não é mesmo? Ninguém sai pra comprar o "peru de Carnaval", até porque né? Peru em época de Carnaval significa outra coisa.
Piadinhas à parte, eu gostava muito dessa época porque eu ia pra o Retiro da igreja. Quem já foi sabe como é legal, e também porque o retiro que eu ia era em Vinagreira! Lá é um refúgio dessa vida moderna (como se Cururupu ou São Luís fosse uma metrópole cercada de drones, robôs e carros que voam).
Como não vou mais pra retiro, por qual outro motivo eu deveria gostar do Carnaval? Fora o fato de que é feriado, e todo feriado é bem vindo. Eu não gosto das músicas populares brasileiras, e muito menos gosto de estar no meio de muita gente, e odeio barulho. Eu nem ouço música no fone de ouvido porque odeio barulho em cima de mim, acho …

O mundo irreal do Instagram

Como já falei em outro post, a rede social Tumblr virou um estilo de foto. E agora digo mais, tumblr é um estilo, um estilo de vida até! Lembra quando as pessoas eram "rocker", ou "punk", ou "emo", ou gótica, ou qualquer outro estilo? Agora as pessoas são tumblr também.

Não sei muito explicar como é o estilo, mas ele está em mudança constante, lançando moda mas também sendo produzido. Com o clipe da Dua Lipa, por exemplo, flamingos agora são itens decorativos, adicionados ao catálogo do estilo tumblr, que aliás, invadiu o Instagram.

Os perfis que "todos" amam e querem ter são aqueles organizados, harmônicos, com paisagens, comidas, roupas, papelaria, decoração, etc., tudo com paleta de cores escolhida a dedo. O que as pessoas não percebem é que essa coisa de ser paranoico com seu feed do instagram é um ciclo vicioso, fechado, compulsivo e exclusivamente de aparência.


1- As lojas tumblr
As lojas perseguem o que está na moda para atrair clientes, ó…

A triste rivalidade feminina

Ontem (12/02) eu estava no instagram quando me deparo pela segunda vez com uma postagem da página Fenanda chamando gratuitamente meninas de "puta". Eu tive que comentar. Da outra vez que comentei ela não me respondeu, mas dessa vez ela ficou zangada. Infelizmente não deu pra tirar print dos comentários, apenas da postagem dela.

Meu comentário foi "pq chamar outras meninas de putas?", e ela respondeu alguns minutos depois "só modo de falar, oh", e eu respondi novamente porque as pessoas usam essa desculpa que tal coisa é só um jeito de falar, é só uma piada, como se isso justificasse que elas xinguem outras pessoas ou qualquer coisa ruim e desnecessária. Comentei "Não tem necessidade, não melhora a piada, e só perpetua a rivalidade feminina". E o que ela fez? Xingou, claro, como uma boa moça que reproduz machismo e ataca outras mulheres "ok... vai tomar no c*", no caso eu coloquei o asterisco. 
Meninas, mulheres, não odeiem umas outras…
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...