Pular para o conteúdo principal

Renovada para a 22ª temporada!

E mais um ano se passa, mais uma temporada dessa série chamada vida se renova!

Além disso, faz exatamente quatro anos que mudei para São Luís para fazer a graduação em Letras - Inglês. São várias coisas a se lembrar.

Mas! Eu achei várias fotos minhas (graças ao Facebook) e sei as datas de cada uma. Separei por ano e montei todas, que começam desde 2009, quando eu tinha 14 anos, até agora em 2017, aos 22. Vejam o milagre:


Graças a Deus o tempo passa e nos salva. Ganhar dinheiro também ajuda. Aliás, somente em 5 dessas fotos eu estou usando uma roupa que a minha mãe não fez, haha! 

Desde 2015 eu faço selagem no cabelo e não largo nunca mais. Isso ajudou a fazer ele crescer. Desde a foto de 2014 até o presente momento eu engordei 10 kg. Pra glorificar de pé, igreja!

Durante toda a minha infância e adolescência eu era perturbada pelos comentários de quem queria que eu engordasse, que me alimentasse melhor, que eu tava muito magra, que isso, que aquilo. A maior felicidade da minha vida agora é saber que eu já preciso é perder barriga.

Além disso, estive pensando sobre como o Facebook nos ajuda a ter álbuns da nossa vida. Por exemplo: não existia facebook quando eu era criança, então a gente não tirava 100 fotos e postava elas. Mas desde a minha adolescência eu já tenho registro de diversos momentos da minha vida. Agora, pense nas crianças que já nascem com um tablet na mão. Elas vão ter TUDO registrado, para mostrar aos seus netos: "olha, esse era eu bebezinho. Era muito mais bonito que você, aliás. Na minha época a gente brincava com celulares, não com robôs. Ah, isso que era brincadeira de criança raiz..."

Enfim, mais um ano de registros que vai para a rede mundial de computadores, permanecendo eternamente a memória de quem tenho sido, sou e serei...

Mais lidos do mês

Um texto sobre maquiagem

Eu estava vendo alguns blogs e canais de meninas e fiquei feliz por ainda cumprir com meu objetivo: não fazer um blog/canal que siga as imposições do gênero feminino: ser vaidosa, e falar de maquiagem e moda. A vez que falei de roupas aqui, foi sobre as roupas que minha mãe fez... E maquiagem? Não, ainda não.

Mas calma, não tô falando que falar dessas coisas seja ruim, claro que não é. Eu gosto de ler e assistir coisas sobre cabelo e maquiagem, gosto das dicas. Só não acho que nasci pra falar disso. Meu gosto pra essas coisas é específico e não "compartilhável". 
Pra provar que não vejo o menor problema com isso, vou falar nesse post sobre as maquiagens que comprei recentemente e as mudanças que fiz no meu jeito de me maquiar desde que passei a acompanhar a Mari Maria.
Sombras e batom da Quem disse, Berenice? foram meus gastos recentes mas com muito  orgulho porque a maquiagem é muito boa. Passei a sombra de manhã e ficou até quando cheguei em casa, quase meia noite, sem re…

O dublador de Jack Sparrow mudou

Assisti Piratas do Caribe: A vingança de Salazar e me deparei com uma coisa que acho horrível: a mudança de um dublador. Sim, eu assisti e assisto filmes dublados. Na primeira respiração de Jack Sparrow eu percebi esse fato que parte meu coração (ou seriam os ouvidos?). Pesquisei e achei uma coisa bem triste, mas calma! O dublador não morreu. Marco Antonio Costa, dublador antes oficial de Jack Sparrow, fez a seguinte postagem no facebook. Coloquei o texto por completo aqui, mas vou deixar o link no final:
Meus amigos e fãs de dublagem, eu venho comunicar que, infelizmente, não dublei o próximo filme da franquia "Piratas do Caribe".  O motivo? Simples. Eu explico. A Disney muitas vezes paga de 20 a 30 vezes mais para atores "Globais" ou mais conhecidos como "Star Talents" para alguns personagens em seus filmes. Quando foram dublar "Procurando Dory", chegaram a pagar 40 vezes mais do que um dublador recebe para dois "Youtubers", pois segun…

#66 Derramei esmalte no meu olho

Esse dia inacreditável aconteceu. A postagem anterior me rendeu um episódio memorável que conto com orgulho e embaraço. Felizmente, a reação da nossa geração frente a qualquer acontecimento, seja bom ou ruim, é tirar foto ou fazer vídeo e colocar na internet. E aqui estão as recordações do dia em que eu derramei esmalte no meu olho:
Bem crianças, eu estava pintando minha unha com Maçã do Amor, da Risqué e, enquanto pintava do dedo anelar direito, o pincel, de alguma forma, caiu pra trás da minha mão com a qual o segurava, bateu a ponta na mesa, e espirram gotas das cerdas que vieram diretamente para o meu pescoço e, óbvio, o meu olho. Eu corri desesperadamente em direção à pia da cozinha porque a do banheiro não está prestando, e gritei. Meu irmão dormia profundamente na sala, mas acordou perguntando "o que aconteceu?", eu falei, e ele "ah tá" e voltou a dormir. Que preocupação.
Voltei pro quarto e fui pegar o esmalte, mas o vidro caiu pra dentro da bacia com água…

O outro lado de São Luís: preciso da sua ajuda!

Eu estava andando pelas ruas do meu bairro e me desviando do caminho que o esgoto faz nas ruas, e nisso fiquei pensando quantos retratos horríveis São Luís tem. Estamos acostumados a ver fotos de praias e do por do sol, e chamamos de "ilha do amor", mas ao ver a feira da Cidade Operária, por exemplo, não há beleza alguma.

E daí eu tive essa ideia que não posso fazer sozinha. A ideia é fazer retratos que mostrem o pior lado de São Luís, não para criticar a cidade, mas porque não podemos esquecer ou fechar os olhos para os problemas. Acho ridículo comemorar a abertura de mais um shopping, caríssimo por sinal, e ter que andar diariamente por ruas cruéis e absurdamente nojentas. Fico pensando: "isso é a capital?"

Então, quero fazer uma postagem no futuro que colecione várias fotos realmente tristes e revoltantes com coisas que não deveriam mais existir em São Luís, e preciso da ajuda de quem puder registrar tais imagens. Quem tiver interesse, me mande um email para lor…

Kit da TAG de Outubro 2017

Ah, mais um mês que chega e com ele o maravilhoso Kit da TAG - Experiências Literárias. Quem escolheu o livro do mês foi ninguém menos que Chimamanda Ngozi Adichie, que escolheu um dos livros preferidos dela, que aliás é inédito no Brasil, e vocês conhecerão agora comigo.


Kit Completo!
Como podem ver, o livro é de Buchi Emecheta, escritora nigeriana que não tem nenhuma obra publicada no Brasil, além da que a TAG trouxe agora, "As alegrias da maternidade".


O mimo foi esse bloquinho com uma ilustração com figuras africanas:



A revistinha informativa imita o desenho da capa do livro:

A box do livro veio um pouco diferente das outras, o que me desagradou um pouco. A lombada não tem o nome do autor nem o nome do livro, além da própria textura que algo que lembra papelão, áspero e rústico. Essa a linhagem da família de Nnu Ego, a personagem principal dessa história, que ajuda muito a lembrar, até porque são nomes de pessoas da Nigéria, uma cultura totalmente diferente, ninguém se ch…

O que fazer em Cururupu MA

Finalmente, depois de um mês, faço um post com as fotos da viagem a Cururupu, Maranhão, minha cidade natal. Mas isso aqui de fato vai ser mais foto do que texto, então, vamos lá?

Saímos as 14h para um interior chamado Tapera de Baixo, claro passando por outros povoados. Os vídeos que fiz da viagem estão todos nessa playlist no meu canal.
Antes de chegar ao povoado, paramos em um riacho, onde tirei essa foto. Porém, editei e coloquei ela de ponta cabeça:


O lugar é assim no normal haha

 E claro que tive que fazer uma selfie
E tem esse cantinho lindo
Onde eu obviamente tive que tirar uma foto
Coloquei os pés na aguinha gelada
Meu pai atravessou o rio na moto
Meu irmão também
Uma última foto do rio antes de ir embora de lá

Seguindo viagem, fomos na casa de uma mulher que tem essa visão da janela do quarto. Sim, é maré lá embaixo. O sítio fica depois do povoado 

Tirei essa foto porque o céu tava muito azul, cara
Antes de ir, mais uma fotinha minha na paisaje
 Passamos por outro rio, mas t…

E se eu não passar no Enem?

Com a época do Enem, voltam aquelas piadinhas sobre o que fazer quando você não tem uma boa nota ou simplesmente uma nota que dê pra algum curso que te interesse. Uma das piores piadas é aquela em que dão soluções como "vender arte na praia", "trabalhar em fast food", e outros trabalhos que no nosso modelo social são considerados inferiores a profissões como engenheiros, médicos, e advogados, especialmente.


E essa supervalorização de determinados trabalhos em detrimento a outros tipos de emprego está diretamente relacionada a remuneração financeira e impacto social de cada profissão. Mas se você conseguir ser um pouco menos estúpido e pensar que toda profissão é necessária para o viver em sociedade, deixaria de fazer piadinhas do tipo.

Medicina, engenharia e advocacia não são as melhores profissões, e muito menos o objetivo de vida das pessoas.O objetivo é ser feliz, e nem o dinheiro ou a fama conseguem trazer isso.

Não fazer um curso superior não é igual a fracass…

Sábado de manhã

O dia amanheceu cinza. Às vezes uma nuvem empaca no céu e se gruda como se fosse algodão e cola, mas não algodão branco. Cinza, e não muito escuro para dar um tom de inverno. Simplesmente cinza, sem graça, e até abafado. É um dia que não motiva a você levantar da cama e enfrentá-lo.
Andei meu caminho olhando meus próprios pés escondidos me levarem adiante. Eu ainda não consigo andar olhando pra frente, como uma pessoa normal faz. Eu acompanho o movimento dos meus pés, na sua luta em desviar dos buracos e pedras da rua.
Ainda eram seis da manhã e o ônibus saia do ponto final. O motorista me chamou de princesa dizendo que o ônibus sairia e o cobrador me fez entrar pela porta de trás daquele ônibus velho e branco - que deveria ser amarelo. Ou seja, eu não tinha pagado passagem porque o cobrador desconhecido simplesmente gostou da minha cara lavada, sem maquiagem alguma e pesada de sono.
A aula foi corrida, debaixo do baixo frio artificial, o som da minha voz ecoando de forma irritante n…

A loja de óculos mais fofa

Uma das pessoas da internet que eu mais gosto é Nath Araújo, como já citei outras vezes. Ela é ilustradora, blogueirinha e YouTuber, acompanho tudo o que ela posta. Outro dia, ela fez uma storie de óculos que ganhou de uma loja chamada Dra Biju, e com isso tinha ganhado um cupom de desconto com o nome dela, válido por 24h. Como boa consumista que sou, fui lá e comprei estes benditos óculos de lentes coloridas que eu já queria há um bom tempo. Usei o cupom dela e paguei apenas R$ 89,90 no produto + frete.

Tava demorando chegar e eu via as stories de várias pessoas marcando a loja, agradecendo super felizes os óculos lindos que tinham comprado e amado, e nada do meu chegar. Finalmente ele chegou e como eu já vira nas caixinhas de outras pessoas, além dos óculos vem dois bombons, um pirulito e um adesivo de brinde! Fora que a caixinha do óculos é rosa! E tem um papelzinho rosa no fundo também:


Tirei a foto a noite mesmo, porque eu sabia que os bombons não iam durar até o dia seguinte. Co…

Tenha orgulho do que você faz

Eu estava lendo alguns dos contos que publiquei aqui, e confesso que adoro eles. Leio como se fosse outra pessoa que tivesse escrito até, porque acho alguns trechos tão bons que duvido se foi mesmo eu quem escrevi.

Alguns deles são baseados em fatos reais da minha vida, e outros são exatamente algum relato, apenas com enfeites literários. Na verdade, alguns são antigos e quando releio, fico apaixonada pela forma que escrevi, e sinto que eu não sei mais escrever assim, por exemplo:

"Aquela noite tinha luzes coloridas. Piscavam descontroladamente, e minha cabeça estava começando a doer por causa dos flashes verdes, vermelhos, azuis e amarelos que acendiam as dezenas de rostos escurecidos e meus olhos tinham de mudar constantemente. Apesar disso, queria que aquela noite nunca terminasse"

Pode parecer um tanto narcisista da minha parte, mas toda vez que eu leio essa crônica eu me apaixono por ela. Eu lembro da noite que isso aconteceu e consigo revisitar cada momento e sentiment…
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...